O presidente do Banco Santander Totta, António Vieira Monteiro, revelou hoje que ficou surpreendido com o resultado líquido negativo de 3,6 mil milhões de euros registado pelo congénere BES no primeiro semestre.

«Surpreendidos estamos todos nós», afirmou o gestor depois de questionado sobre a matéria na conferência de apresentação dos resultados semestrais do Santander Totta.

Realçando que um prejuízo da dimensão do apresentado pelo Banco Espírito Santo (BES) é «algo de inédito», Vieira Monteiro diz que só os gestores do banco agora liderado por Vítor Bento é que podem explicar este resultado tão negativo.

Quanto ao desrespeito da equipa de gestão que era liderada por Ricardo Salgado às instruções dadas pelo Banco de Portugal, Vieira Monteiro disse que, no banco que lidera, as instruções do regulador e supervisor bancário «são para ser cumpridas».

O responsável escusou-se a comentar a detenção para interrogatório de Ricardo Salgado, no âmbito do caso Monte Branco.