O lucro líquido da Portucel teve uma queda homóloga inferior ao esperado de 6% no segundo trimestre de 2014, pressionado pela queda dos preços do papel e o aumento de custos em matéria-prima, anunciou a empresa.

A produtora de pasta e papel adiantou que, entre Abril e Junho últimos, o seu lucro se fixou em 49,7 milhões de euros (ME) face aos 38 ME previstos pelos analistas.

No mesmo período, as vendas da Portucel desceram 4% para 381,8 milhões de euros e o EBITDA caiu 10,5% para 80,2 milhões de euros.

Os analistas previam vendas de 373 milhões e um EBITDA de 78 milhões de euros.

A Portucel é o maior produtor europeu de pasta de papel e de papéis finos que, em finais de 2009, inaugurou uma nova máquina de papel em Setúbal, duplicando a sua capacidade instalada para 1,55 milhões de toneladas por ano.