O lucro da Inapa aumentou 33% para 1,5 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano em relação ao período homólogo, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por José Morgado.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Inapa informou que o volume de negócios cresceu 5,7% até março, atingindo os 241,3 milhões de euros, devido ao aumento das vendas de papel (4,6%) e dos negócios complementares (13,6%), com destaque para a embalagem e comunicação visual.

O aumento das vendas resultou da consolidação da presença em mercados estratégicos, da melhoria do quadro macroeconómico na Europa e do aumento do perímetro do grupo, disse à Lusa José Morgado.

Em termos de mercados, o presidente executivo da Inapa destacou o «comportamento bastante positivo da Alemanha e a recuperação do mercado português e espanhol» nos primeiros meses deste ano.

Até março, resultado da constante política de controlo dos custos, os custos de exploração reduziram 2,2% face ao mesmo período de 2013, o que se deveu essencialmente à diminuição dos custos administrativos e dos gastos com pessoal.

A dívida líquida decresceu 4,5 milhões face ao primeiro trimestre de 2013 e 2,5 milhões face ao final do ano, para 326,8 milhões de euros, excluindo os investimentos efetuados no último trimestre de 2013 na Turquia e no negócio de embalagem.

Para o próximo trimestre, a perspetiva é «moderadamente otimista», sendo prioritário «consolidar a operação do grupo», a par da «diversificação quer de mercados, quer de negócios», acrescentou.

O Grupo Inapa é um dos líderes do mercado europeu de distribuição de papel, ocupando posições de destaque entre os três principais operadores nos mercados da Alemanha, Suíça, Espanha e Portugal.