O lucro da Galp Energia caiu 45% no ano passado. A petrolífera conseguiu resultados positivos de 189 milhões de euros, o que compara com os 343 milhões de euros registados em 2012, segundo informação divulgada esta segunda-feira pela empresa.

De acordo com o mesmo documento, as vendas e prestações de serviços da Galp Energia atingiram os 19.620 milhões de euros no ano passado, mais 6% do que em 2012.

A empresa adianta que em 2013, e face ao ano anterior, a produção total de petróleo e gás natural se manteve estável em 24,5 mil barris equivalente por dia, com o aumento da produção no Brasil a compensar a queda em Angola.

As exportações de produtos petrolíferos para fora da Península Ibérica aumentaram 21%, para quatro milhões de toneladas, com a gasolina, o fuelóleo e o gasóleo a representarem respetivamente 30%, 29% e 19% do total.

Em relação ao volume de vendas a clientes diretos, a empresa refere que este se manteve estável, tendo as vendas de produtos petrolíferos neste setor em África atingido 8% do total.

As vendas de gás natural atingiram 7.090 milhões de metros cúbicos em 2013, mais 13% do que em 2012.

O investimento total cifrou-se em 963 milhões de euros, dos quais 75% foram canalizados para o segmento Exploração e Produção, sobretudo para as atividades de desenvolvimento do campo Lula/Iracema, no Brasil.

Durante 2013, a ação Galp Energia valorizou 1%, com o volume transacionado a atingir 1.265 milhões de ações.