O grupo Jerónimo Martins anunciou esta quinta-feira que espera investir 2,2 mil milhões de euros nos próximos três anos, direcionando entre 60% a 70% para o desenvolvimento das suas operações na Polónia.

O anúncio foi feito pela administração da retalhista proprietária da cadeia de supermercados Pingo Doce na apresentação do Dia do Investidor.

As vendas do grupo, de acordo com as estimativas da Jerónimo Martins, deverão crescer entre 12% e 15% entre 2014 e 2016, suportados nomeadamente pela abertura de, «no mínimo», 800 novas lojas da insígnia Biedronka, na Polónia, mantendo o objetivo de alcançar as 3.000 unidades até 2015.

A empresa prevê ainda, para aquele período, abrir 30 novas lojas Pingo Doce em Portugal e pelo menos 200 novas lojas Ara na Colômbia e em número igual da Hebe, na Polónia.