O Espírito Santo Financial Group (ESFG) reduziu a sua participação qualificada na Espírito Santo Saúde (ESS) para 3,38%, depois de o Credit Suisse ter exercido uma opção de compra sobre uma fatia de 3,01% do capital da empresa.

«A 07 de fevereiro de 2014 a ESFG celebrou com o Credit Suisse Securities (Europe) Limited, por um prazo que terminou em 18 de março de 2014, um contrato de empréstimo tendo por objeto 6.109.396 ações representativas de 6,39% do capital social da Espírito Santo Saúde detidas pela ESFG», lê-se no comunicado disponibilizado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O banco de origem suíça assegurou, na altura, o direito de opção de compra sobre esse número de ações.

No entanto, a 13 de março, o Credit Suisse informou o ESFG que apenas iria acionar parcialmente o seu direito de opção de compra, pelo que ficou com 3,01% do capital social da ESS.

Assim, a 18 de março o Credit Suisse procedeu ao reembolso ao ESFG de 3.228.283 ações representativas de 3,38% da ESS, pelo que passa a ser imputável ao ESFG uma participação de 3,38% (face à anterior posição de 6,39%).