O grupo espanhol de consultoria CIMD vai comprar a gestora de fundos do BCP Millennium Gestão de Activos, mas as delegações do banco continuarão a distribuir os produtos, divulgou esta sexta-feira o jornal Cinco Dias, nota a Lusa.

A oferta de compra da CIMD foi escolhida entre três propostas - uma da canadiana F&C e duas outras das portuguesas Dunas Capital e Patris Investimentos - e irá transformar o grupo espanhol de intermediação e consultoria de mercados financeiros e energéticos na segunda maior empresa espanhola de gestão de ativos.

O CIMD controla a gestora de ativos Intermoney, responsável por um património de 176 mil milhões de euros, enquanto, em agosto, a Millennium Gestão de Ativos geria 1.500 milhões de euros e era a quarta maior gestora de Portugal, com uma quota de 12%.

O Intermoney tem um catálogo de sete produtos, quatro dos quais sob a marca Cajamar, entidade controlada pelo Banco de Crédito Cooperativo (BCC).

Este último grupo é também acionista do CIMD, com uma participação de 9,8%, a par do BBVA (que detém 9,2%), do Crédit Agricole (8,7%) e dos Popular e Ibercaja, com 5,8% cada um.

O CIMD, que fechou 2013 com um lucro de 11,4 milhões de euros, tem como principais acionistas os trabalhadores e diretores, que controlam 39,2% do capital.