Ricardo Salgado renunciou ao cargo de presidente do Conselho de Administração do Espírito Santo Financial Group (ESFG), bem como dois administradores.

De acordo com a informação, enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), escreve a Lusa, José Manuel Pinheiro Espírito Santo Silva renunciou ao cargo de vice-presidente do Conselho de Administração e Gherardo Laffineur Petracchini renunciou ao cargo de diretor.

Ainda de segundo o mesmo comunicado, Roger Hartmann foi eleito presidente do Conselho de Administração e Caetano Espírito Santo Beirão da Veiga foi cooptado diretor do ESFG, nomeações que têm efeito imediato, escreve a Lusa.

José Maria Ricciardi, ex-administrador do Banco Espírito Santo (BES), foi o primeiro a renunciar ao cargo no ESFG. No mesmo dia (24 de junho), a entidade deu conta de que o seu administrador Jackson Behr Gilbert também deixou a instituição, neste caso, por ter atingido a idade de reforma.

Depois, a 07 de julho, foi a vez de o empresário português Patrick Monteiro de Barros abandonar a administração do ESFG, seguindo-se-lhe o comandante António Ricciardi, pai de José Maria Ricciardi, a 16 de julho.

A 22 de julho, foi a vez do empresário marroquino Othman Benjelloun apresentar a sua renúncia ao cargo que desempenhava na administração do ESFG.

A ESFG está sob gestão controlada no Luxemburgo e é a principal acionista do Banco Espírito Santo (BES).