O Banif vai conseguir concluir com sucesso o aumento de capital de 138,5 milhões de euros lançado a 16 de maio e destinado a atingir os 450 milhões de euros de reforço de fundos próprios juntos de privados a que se tinha comprometido, escreve o Diário Económico.

A conclusão da operação vai fazer com que o Estado veja reduzida de 68,78% para 60,53% a sua posição no capital do banco e os direitos de voto de 58,7% para 49%.

A Oferta Pública de Subscrição, que termina amanhã, está a ser feita ao preço de um cêntimo por ação. Para além do Estado, são ainda acionistas a Auto-Industrial e a família Roque.