O português João Brás substituiu esta quinta-feira o fundador e histórico presidente do Millennium Bank polaco, Boguslaw Kott, na liderança da entidade cuja maioria do capital é controlado pelo BCP, anunciou a instituição financeira através de um comunicado difundido na Polónia.

«Boguslaw Kott foi o fundador do Bank Millennium e, desde o seu lançamento em 1989, presidiu o conselho de administração», destacou o banco polaco, informando que Kott vai passar a liderar o conselho de supervisão da entidade.

O Bank Millennium fez questão de agradecer «cordialmente pelos muitos anos de trabalho no banco e em todo o grupo Millennium».

João Brás já tinha recebido a luz verde do supervisor bancário polaco (Polish Financial Supervision Authority) a 01 de outubro para assumir a liderança do Millennium Bank.

O banqueiro já integrava o conselho de administração do banco polaco há sete anos. Com a saída de Kott, a composição do orgão executivo do Millennium Bank passa a ser o seguinte: João Brás (presidente), Fernando Bicho (vice-presidente), Artur Klimczak (vice-presidente), Julianna Boniuk-Gorzelanczyk, Wojciech Haase, Andrzej Glinski e Maria Campos (vogais).