A Autoeuropa quer prolongar a atividade em Portugal por mais dez ou 15 anos. O grupo alemão está a negociar com a administração dos Portos de Setúbal e Sines o prazo de concessão do terminal privativo que termina em 2015.

De acordo com o «Diário Económico», o acordo está próximo, restando saber se o prolongamento do prazo de concessão tem como objetivo manter a atividade da fábrica de Palmela até 2025 ou 2030, pelo menos.

A exportação representa mais de 90% da produção da Autoeuropa em Portugal. A produção, medida em número de carros fabricados, caiu 23,5% face ao mesmo período de 2012. O embarque e desembarque de automóveis no porto também diminuiu cerca de 20%.

No entanto, as vendas ara o Extremo Oriente estão a crescer. Atualmente, 20% da produção da Autoeuropa destina-se à China, com partida de Setúbal.