A Portugal Telecom concluiu o período de subscrição de ações no âmbito do aumento de capital com a Oi, passando os seus acionistas a deter 37,4% da brasileira, logo após a liquidação da operação, anunciou esta terça-feira a operadora portuguesa.

Segundo um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Portugal Telecom (PT) informa que «imediatamente após a liquidação do aumento de capital a PT irá deter, direta e indiretamente, 37,4% do capital social da Oi, incluindo 40,7% do capital social com direito de voto da Oi», excluindo a participação indireta detida através da Telemar Participações e a AG Telecom Participações.

O documento explica contudo que depois da conclusão de todas as operações societárias, a PT passará a deter uma posição mínima de 37,3% do capital.