O grupo finlandês Nokia anunciou esta terça-feira que os acionistas aprovaram a venda da divisão de telemóveis ao grupo informático norte-americano Microsoft por 5,44 mil milhões de euros.

A Nokia precisou que os acionistas aprovaram, numa assembleia-geral extraordinária em Helsínquia, a transação quase por unanimidade (99,7%). A venda vai concretizar-se no início de 2014.

A Nokia perdeu em 2012 o lugar de número um mundial em telemóveis para a sul-coreana Samsung e no segmento de smartphones permanece no oitavo lugar. O grupo perdeu 1,2 mil milhões de euros em 2011, 3,1 mil milhões em 2012 e 590 milhões nos nove primeiros meses de 2013, tentando atualmente relançar-se nos setores em que é rentável.

A aprovação dos acionistas já era esperada e as ações da Nokia valorizaram-se desde que a venda foi anunciada no início de setembro.