A polícia de Nova Iorque investiga a morte de Shawn D. Miller, um executivo do Citigroup, que foi encontrado morto com um corte na garganta na banheira do seu apartamento no bairro financeiro da cidade, revelou a imprensa local, nota a Lusa.

De acordo com o New York Post, o porteiro do edifício encontrou o corpo do executivo financeiro na tarde de terça-feira e a morte foi considerada «suspeita» já que não foi encontrada uma arma que indique o suicídio e foi vista uma pessoa entrar no apartamento na segunda-feira à tarde, antes de Miller, de 42 anos, perder a vida.

Shawn D. Miller era considerado um pioneiro da economia sustentável e especialista em mercados emergentes na International Finance Corporation.

O Citigroup, onde Miller ocupava o posto de diretor da equipa de riscos sociais e meios ambientais, comentou apenas estar triste com a notícia.