Na sexta-feira negra em que foram conhecidos os resultados do referendo britânico, a libra afundou para mínimos de 1985. Semana e meia depois, a moeda britânica renova agora esses mínimos.

Assim que o Brexit se anunciou como uma evidência, a primeira reação foi da maior queda de sempre em percentagem (-10%) e de um valor nominal de 1,34 dólares. 

Depois, a libra até recuperou, mas tem oscilado muito de valores e os últimos dias já foram de quedas assinaláveis.

Esta quarta-feira, um novo mínimo histórico, de 1,2841 dólares, valor que só encontramos se recuarmos 31 anos, como podemos atestar nestes dois quadros da agência Reuters.

Esse é um dos riscos do Brexit que já se estão a materializar, conforme avisou e reconheceu ontem o Banco de Inglaterra. 

Também face ao euro, a libra esterlina está no valor mais baixo dos últimos três anos, nomeadamente desde agosto de 2013.

Fonte: Reuters

Veja também: o impacto do Brexit para Portugal