"Desde o início da nossa legislatura que o Governo e o IGCP estabeleceram uma estratégia de manter um volume de depósitos ou de reservas financeiras confortável, o que significa que desenvolvimentos para além daquilo que seja previsto, nesta matéria como em qualquer outra, podem ser acomodados dentro desta margem. Não temos nenhuma razão para estar preocupados se eventualmente não viesse a ser amortizado o empréstimo este ano"






 adiada para depois das eleiçõesmomento oportuno"no tempo certo, pelo valor certo"

impacto