As ações do grupo Volkswagen estavam esta segunda-feira na abertura do bolsa de Frankfurt, a desvalorizarem-se depois de ter sido revelado nos Estados Unidos que a construtora estava a enganar o regulador por defeitos nos controlos anti-poluição.

Após este escândalo, o grupo decidiu suspender a venda de carros a gasóleo no mercado norte-americano.

Segundo o Economic Times, a marca terá utilizado programas de computador para alterar as leituras dos gases emitidos pelos automóveis a gasóleo.

A construtora automóvel arrisca agora uma multa superior a 15 mil milhões de euros.

Cerca das 07:05 locais (8:05 em Lisboa), as ações da Volkswagen estavam a perder mais de 13%, para 140 euros, mas agora já seguem com uma queda de 20,5%, para 129,1 euros, provocando uma descida de 0,74% do Dax, principal indicador da bolsa de Frankfurt.

Esta é a maior queda das ações em sete anos.

Por cá, a bolsa de Lisboa segue a subir, a acompanhar a valorização das restantes praças europeias e os juros da dívida também seguem a aliviar.