O Santander prepara-se para realizar uma emissão de instrumentos de dívida convertíveis em ações, no valor nominal de 2,5 mil milhões de euros.

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários, o banco espanhol explica que a «colocação da emissão vai ser levada a cabo através de um processo de prospeção acelerada da procura e será dirigida exclusivamente a investidores qualificados».

O Santander acrescenta ainda que assim que estejam fixados os termos da emissão, serão comunicados ao mercado.