A Standard & Poor's (S&P) anunciou esta quarta-feira que baixou a notação da Grécia de B- para CCC+, com perspetiva negativa, devido ao risco de se agravar a liquidez do país.

«Sem reformas económicas profundas (…), esperamos que a dívida e outros compromissos financeiros (da Grécia) se tornem insustentáveis», refere a agência de notação financeira em comunicado na sua página de Internet.

«A Grécia depende cada vez mais» de um ambiente favorável nos negócios, finanças e em «condições económicas para atingir os seus compromissos financeiros», aponta a S&P.

Por estas razões, a agência de notação financeira baixou o rating do país para CCC+.

A perspetiva é negativa devido «ao risco de se agravar a liquidez do país, dos bancos e da economia», conclui.

Recorde-se que, esta quarta-feira, o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaüble, considerou que uma saída da Grécia da zona euro é pouco provável, mas que os mercados financeiros já integraram essa eventualidade.