Os mercados norte-americanos seguem esta terça-feira a negociar em terreno positivo, com os investidores otimistas perante a divulgação de dados sobre o défice comercial de bens e serviços que atingiu o valor mais baixo desde junho.

O índice Dow Jones industrial seguia a valorizar 0,63% para 16.526,69 pontos, e o tecnológico Nasdaq avançava 0,53% para 4.135,42 pontos.

Já o índice alargado Standard & Poor¿s 500 valorizava, por esta hora, 0,38% para 1.833,14 pontos.

O departamento do Comércio norte-americano divulgou hoje que o défice comercial de bens e serviços dos Estados Unidos diminuiu em novembro 12,9% face a outubro, ao cifrar-se em 34.252 milhões de dólares.

O défice do comércio entre os Estados Unidos e o resto do mundo, que atingiu o valor mais baixo desde junho, foi inferior ao esperado pelos analistas, que apontavam para um défice de 40,4 mil milhões de dólares em novembro.

Em novembro, as exportações norte-americanas aumentaram 0,9% para o máximo de sempre de 194,9 mil milhões de dólares e as importações caíram 1,4% para 229,1 mil milhões de dólares apesar da queda dos preços do petróleo.

As importações de petróleo, que representam 10% do total das compras dos Estados Unidos ao resto do mundo, caíram 10,8% em novembro para 21,4 mil milhões de dólares.

Entre janeiro e novembro do ano passado, os Estados Unidos acumularam um défice comercial de 435.072 milhões de dólares, contra 496.349 milhões de dólares no período homólogo de 2012.