O conselho de administração da PT SGPS afirmou compreender que os acionistas, que têm assembleia geral agendada para o início da tarde, «possam vir a considerar mais adequado suspender a sessão».

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o conselho de Administração da PT SGPS adianta que no âmbito da assembleia geral de acionistas convocada para esta segunda-feira «a decisão de aprovação ou não aprovação da proposta de alienação da PT Portugal pela Oi compete exclusivamente aos acionistas» da empresa.

«Contudo, atendendo aos desenvolvimentos recentes, o Conselho de Administração compreende que os senhores acionistas possam vir a considerar mais adequado suspender a sessão, pelo tempo que considerem apropriado dentro do respeito pelo interesse social da PT SGPS e da sua participada Oi», adianta.

A PT SGPS refere que, no âmbito do pedido feito pela CMVM, a administração enviou a 10 de janeiro «um projeto de comunicado ao mercado contendo informação complementar de suporte adicional à proposta de elementos preparatórios facultados aos senhores acionistas para efeitos da assembleia geral».

A PT SGPS acrescenta que «o comunicado será divulgado ao mercado ainda esta semana, na sequência dos contactos em curso com a CMVM», mas reitera que «no seu entendimento facultou todos os elementos preparatórios previstos» pela lei.