O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, seguia esta segunda-feira em alta ligeira, invertendo a tendência da abertura, numa Europa mista, com os investidores a aguardarem pela divulgação, após o fecho do mercado, dos resultados do BCP.

O PSI20 seguia a subir 0,03% para 6.698,81 pontos, com 12 empresas negativas, sete positivas e uma inalterada (o Espírito Santo Financial Group).

A liderar as perdas seguiam o BPI e o BES, com desvalorizações de 1,19% e 0,97% para 1,492 e 1,119 euros.

O BCP seguia igualmente em terreno negativo, com os investidores a aguardarem pela divulgação dos resultados do banco após o fecho, com perdas de 0,96% para 0,1644 euros.

Já esta manhã, a instituição anunciou que o lucro do banco do BCP na Polónia, o Bank Millennium, aumentou 13,5% no ano passado, face a 2012, atingindo os 127,1 milhões de euros, o que representa o seu melhor resultado sem proveitos extraordinários.

Do lado dos ganhos, a Jerónimo Martins liderava e evitava maiores perdas do índice com uma subida de 0,98% para 12,83 euros.

Lisboa seguia a negociar entre uma Europa mista, com os investidores à espera da divulgação de mais resultados do ano passado de grandes empresas cotadas.

Os investidores vão estar atentos à tomada de posse de Janet Yellen como presidente da Reserva Federal norte-americana para substituir Ben Bernanke e à reunião mensal do Banco Central Europeu (BCE) para debater política monetária.

A anunciada nova retirada de estímulos à economia pela Fed e evolução das divisas nos países emergentes também vão continuar em destaque na agenda económica desta semana.

Ao nível cambial, o euro abriu hoje em alta ligeira no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,3497 dólares, depois de ter terminado a 1,3497 dólares na sexta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em março abriu em alta, a cotar-se a 106,41 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 0,01 dólares do que no encerramento da sessão anterior.