O PSI-20 encerrou a sessão a tombar 3,33% nos 6.172,16 pontos, fortemente penalizada pelo tombo do BES e da Jerónimo Martins.

A retalhista caiu 13,5%, para os 10,10 euros por ação, um dia depois de apresentar os resultados do primeiro semestre, com uma queda nos lucros que se fixaram em 145 milhões de euros.

Em dia de apresentação de resultados, o BES derrapou 10,7%, com as ações a valerem 0,347 euros, a bater mínimos históricos.

A EDP Renováveis,que apresentou lucros de 87 milhões até junho, caiu 4,5%, para os 5,39 euros.

Também a PT teve uma prestação negativa, depreciando 1,98%, nos 1,69 euros.

O BCP caiu menos, ainda assim desceu 0,8%, com as ações a valerem 0,11 euros.

Destaque para os CTT, que subiram 3,4%, fixando o preço das ações em 7,80 euros, depois de registarem 36 milhões de euros de lucro até junho deste ano.

Na Europa, as principais praças também fecharam em terreno negativo: Paris tomba 1,2%, Milão desce 0,9%, Frankfurt caiu 0,6%, Londres derrapou 0,5% e Madrid caiu 0,3%.