A Bolsa de Lisboa abriu a sessão em baixa ligeira e segue a perder 0,07% nos 5.944,33 pontos, pressionada por oito cotadas que negoceiam no vermelho e também pelas pares europeias, que aguardam o resultado da reunião de hoje do Banco Central Europeu.

Os analistas antecipam uma manutenção das taxas de juro, que estão no mínimo histórico desde junho, mas os investidores estão expectantes quanto à intervenção de Mario Draghi. O presidente da instituição pode anunciar mais medidas de estímulo à economia.

À exceção de Londres, que sobe 0,1%, Paris desce 0,4%, Frankfurt derrapa 0,4% e Frankfurt e Milão depreciam 0,3%.

Em Lisboa, os CTT protagonizam das maiores quedas, 1,04%, nos 7,63 euros por ação. Segue-se a Teixeira Duarte, que deprecia 1,0%, fixando o preço das ações em 0,89 euros, e a Jerónimo Martins, que desce 0,8%, nos 10,32 euros por ação.

O setor da banca segue em tendência mista: enquanto o Banif se mantém inalterado nos 0,009 euros, o BCP desce 0,1%, com as ações a custarem 0,11 euros, enquanto o BPI cresce 0,1%, nos 1,49 euros por ação.

Ainda do lado dos ganhos, a EDP sobe 0,5%, nos 3,50 euros, já a Portugal Telecom cresce 0,8%, fixando o preço das ações em 1,66 euros.