O PSI-20 encerrou a sessão a cair 0,74% nos 4.884,88 pontos, com apenas quatro cotadas no verde e com a segunda maior queda da Europa.

A penalizar o índice esteve a PT, que tombou 7,9%, com as ações a valer 0,92 euros. Uma tendência que a NOS não seguiu, fechando com a maior subida, 1,7%, para os 5,38 euros.

O setor da banca também pressionou: O BCP caiu 4,9%, nos 0,99 euros, enquanto o BPI desceu 4,9%, para os 0,99 euros.

No setor da energia, a tendência foi mista: a Galp deslizou 1,1%, com cada ação a cotar nos 8,70 euros, enquanto a EDP subiu 0,98%, para os 3,29 euros.

Na Europa, a tendência de negociação oscilou entre ganhos e perdas. Milão desceu 1,2% e Madrid caiu 0,4%. Do lado dos ganhos esteve Frankfurt com uma subida ligeira de 0,04%, Londres ganhou 0,3% e Paris somou 0,5%.