Portugal regressa esta quarta-feira aos mercados, com duas emissões de dívida de longo prazo a 10 e 22 anos.

Segundo a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública vão ser realizados dois leilões de Obrigações do Tesouro com maturidade em 15 de outubro de 2025 e 15 de abril de 2037, com um montante indicativo global entre 1.000 milhões e 1.250 milhões de euros.

Portugal espera arrecadar até 2 000 milhões de euros em Obrigações do Tesouro e até 3 750 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro até ao final do ano, totalizando 5 750 milhões de euros.