O preço do petróleo está em queda acentuada, na expetativa de uma solução pacífica para a crise na Síria. Em menos de uma semana, a cotação do ouro negro passou de 117 para 111 dólares por barril.

A Rússia propôs que o arsenal de armas químicas do país seja entregue à comunidade internacional, uma sugestão que a Síria acolheu e que deverá ser apresentada na ONU sob forma de um projeto de resolução.

A ser aprovada, a sugestão pode evitar uma intervenção militar dos EUA na Síria.

Caso se mantenha a tendência de queda, é de esperar que o preço dos combustíveis nas bombas em Portugal desça já na semana que vem.