A agência de notação financeira Moodys subiu esta quarta-feira o rating da REN para Baa3, já dentro do grau de investimento, e manteve o da EDP passando a perspetiva de negativa para positiva.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a REN dá conta da subida do seu rating pela Moodys «de Ba1 para Baa3 com outlook estável», sendo que agora a nota da REN está dentro do grau de investimento.

Também em comunicado ao mercado, a EDP dá conta que a mesma empresa manteve o seu rating de longo prazo em Ba1, tendo ao mesmo tempo revisto o outlook de negativo para positivo.

Segundo a EDP, a alteração na perspetiva «reflete a melhoria do clima macroeconómico e operacional, o qual de resto suportou igualmente a recente atualização do rating soberano». Por outro lado, refere a elétrica que é opinião da Moodys que a empresa vai «gradualmente reduzir a sua alavancagem».

A Moodys reviu as notas destas empresas na sequência da decisão da semana passada de subir o nível de rating da República Portuguesa, cuja notação passou de Ba2 para Ba1 com perspetiva estável.