A agência Moody's admitiu esta terça-feira baixar os ratings dos seis bancos portugueses que avalia, segundo a Reuters.

A agência mantém a perspetiva dos bancos «negativa» e justifica a decisão com o novo mecanismo de resolução bancária da União Europeia, uma vez que «aumenta os riscos para os credores dos bancos com dívida sénior».

«A adoção por parte de Portugal da Diretiva relativa à recuperação e resolução bancária e do Mecanismo Único de Resolução transfere o fardo de salvar os bancos para os acionistas e os obrigacionistas através de um sistema de ‘bail-in’», nota a agência.

«Estes riscos prevalecem sobre os sinais de que Portugal está a emergir do pior da sua crise financeira, fornecendo algum alívio para um sistema bancário enfraquecido por três anos de recessão», acrescenta.

No que toca à economia portuguesa, a Moody’s considera que «está outra vez a crescer» e que «deve continuar a expandir-se a um ritmo moderado em 2014 e 2015».