O PSI-20 avançou 1,57%, nos 5.37092 pontos, marcando a segunda sessão consecutiva de ganhos, hoje em linha com a restante Europa.

Destaque para a Portucel, que ganhou 6,1%, nos 3,60 euros, a reagir ao facto do CaixaBI ter subido a recomendação para comprar.

Destaque também para o setor da banca, no dia em que a agência de notação Moody´s subiu a perspetiva da banca portuguesa. O BCP avançou 4,3%, para os 0,06 euros. Já o BPI fechou em queda ligeira de 0,2%, com os títulos a cotar a 1,08 euros.

Ainda a puxar pelo índice, a Pharol subiu 2.3%. nos 0,36 euros por ação.

O setor da energia fechou sem tendência definida, com a Galp a perder 0,3%, com as ações a valer 9,58 euros. A EDP ganhou 1,7%, nos 3,38 euros.

Na Europa, as principais praças financeiras encerraram a sessão no verde, quebrando um ciclo de três sessões consecutivas de perdas, isto apesar os números dos pedidos semanais de subsidio de desemprego, nos Estados Unidos, terem batidos mínimos de 42 anos.

Recorde-se que este era o relatório que faltava à Reserva Federal norte-americana, para decidir se sobe ou mantém as taxas de juro.

Milão ganhou 1,7%, Frankfurt avançou 1.5%, Paris somou 1,4%, Londres ganhou 1,1% e Madrid subiu 0,6%.