Os juros da dívida soberana de Portugal continuavam hoje a descer em todos os prazos para novos mínimos desde o inverno de 2009/2010, estando a taxa a dez anos abaixo da barreira dos 4%.

Esta manhã, os juros a dez anos estavam a 3,985%, um mínimo desde janeiro de 2010 e abaixo dos 4,060% do encerramento de quinta-feira.

No prazo de cinco anos, os juros estavam a descer para 2,869%, um mínimo desde dezembro de 2009, depois de terem terminado a 2,958% na quinta-feira.

No prazo de dois anos, os juros também estavam a descer para 1,276%, um mínimo desde janeiro de 2010 e contra 1,323% na quinta-feira.