O Tesouro italiano colocou hoje o máximo de 8.500 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro a seis meses, a uma taxa de juro inferior à do anterior leilão comparável.

A taxa de juro paga na colocação desta emissão foi de 0,781%, contra 0,792% do anterior leilão semelhante.

A procura atingiu os 12.355 milhões de euros, o que correspondeu a um rácio de cobertura de 1,45 vezes a oferta.