A Grécia colocou esta terça-feira 1.625 milhões de euros em títulos a três meses a uma taxa de juro de 3,95%, ligeiramente inferior à paga no último leilão para a mesma maturidade, foi anunciado.

A autoridade de gestão da dívida pública grega (PDMA) também anunciou que a procura para a emissão de hoje foi de 2.360 milhões de euros, 1,89 vezes mais que a oferta de 1.250 milhões de euros.

No leilão anterior de títulos a três meses, de 17 de setembro, a taxa de juro foi de 4,02% e a procura tinha sido 1,84 vezes superior à oferta.

A Grécia está há três anos fora dos mercados de venda de dívida de longo prazo, utilizando estas emissões de curto prazo para financiar os pagamentos mais urgentes.