O PSI-20 encerrou a penúltima sessão da semana a ganhar 1,31%, para os 4.956,77 pontos, com cinco cotadas a negociar abaixo da linha de água.

Lisboa seguiu a tendência das pares europeias, que encerraram em alta, a recuperar das quedas de ontem. Paris e Milão somaram 2,4%, Frankfurt apreciou 2,02%, Londres ganhou 1,4% e Madrid subiu 1,2%.

A puxar pelo índice lisboeta esteve a Galp, ao trepar 6,5% para os 8,43 euros, a recuperar das quedas das últimas sessões, motivadas pelos sucessivos recuos do preço do petróleo. O Brent, de referência para a Europa, está a cotar a 47,65 dólares por barril.

A EDP somou 4,7%, com cada título a cotar a 3,38 euros.

A Mota-Engil também ajudou, ao ganhar 3,9%, para os 2,87 euros.

O setor da banca encerrou com uma tendência mista: o BPI subiu 1,02%, enquanto o BCP tombou 2,9%, com cada ação a custar 0,07 euros.

Destaque ainda para a PT, que perder ligeiros 0,4%, com cada título a valer 0,69 euros.

A Jerónimo Martins liderou as perdas, ao depreciar 5,4%, para os 8,94 euros por ação.