As ações da Espírito Santo Saúde (ESS) começam esta quarta-feira a negociar na bolsa de Lisboa, depois de a semana passada ter sido concluída a operação de abertura de capital de um dos maiores grupos privados de saúde portugueses.

A Espírito Santo Saúde apresentou, na sexta-feira, os resultados da operação em que abriu 49% do seu capital social, tendo as ações sido vendidas a 3,20 euros cada uma, o preço mínimo do intervalo fixado que ia até 3,90 euros.

A empresa entra, assim, no índice geral da praça lisboeta com uma capitalização bolsista de cerca de 300 milhões de euros, sendo esperado um free float de cerca de 25% do capital.

Após a operação, em que a procura ficou quase igual à oferta (104,9%), 39,2% do capital ficou colocado em investidores institucionais, 9,27% no público em geral e apenas 0,53% em colaboradores da Espírito Santo Saúde.

Os restantes 51% pertencem à Espírito Santo Health Care Investments, continuando assim o grupo Espírito Santo a controlar a empresa.

Fundada em 2000, a Espírito Santo Saúde é um dos maiores operadores de saúde privado português, detendo oito hospitais privados, um deles gerido em regime de Parceria Público-Privada (Hospital Beatriz Ângelo, em Loures), sete clínicas e duas residências sénior, contando com 8.907 funcionários.

A empresa liderada por Isabel Vaz fechou setembro de 2013 com resultados operacionais de 279,5 milhões de euros e lucros de 9,1 milhões de euros.