As bolsas europeias seguem hoje em terreno positivo, aliviadas pelo desempenho, melhor do que o esperado, do comércio externo chinês e por uma ligeira recuperação do preço do petróleo.

Cerca das 08:30 em Lisboa, o Eurostoxx 50, o índice que representa as principais empresas da zona euro, seguia a avançar 1,31%, nos 3.104,85 pontos.

As principais praças europeias seguiam a negociar entre os ganhos de 0,58% de Londres e os de 1,45% de Frankfurt.

Em Lisboa, o PSI 20, principal índice da praça da capital, seguia a avançar igualmente 1,70%, para 5.221,89 pontos.

Os investidores respiraram hoje de alívio depois de conhecer o desempenho do comércio externo na China em 2015, que se reduziu apenas 7%, menos do que o esperado, pela desvalorização do yuan e pela subida do preço do petróleo.

O dia de hoje será marcado por uma emissão de dívida na Grécia, a três meses

O ministro das Finanças grego, Euclides Tsakalotos, viaja até Berlim para expor ao seu colega alemão, Wolfgang Schäuble, o estado da aplicação do programa de resgate e analisar a possibilidade de um alívio da dívida.

Os investidores estarão também atentos à publicação do “Livro Bege” da Reserva Federal dos EUA (Fed), que dará novas indicações sobre a atividade económica do país.

O barril Brent, para entrega em fevereiro, abriu hoje no mercado de futuros de Londres nos 31,02 dólares, mais 0,51 % do que no fecho da sessão anterior.

No mercado de divisas de Frankfurt, o euro desceu aos 1,0822 dólares, face os 1,0824 dólares nas últimas horas de negociação de terça-feira.