A agência de notação DBRS decidiu manter o rating dos instrumentos de longo e curto prazo transferidos para o Novo Banco em BB (low) e R-4,respetivamente, colocando o outlook em revisão.

Segundo o comunicado do Novo Banco à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários, enviado esta quinta-feira, a DBRS atribuiu ainda um novo rating às obrigações não subordinadas garantidas pela Republica Portuguesa de BBB (low).

A decisão da agência de notação foi tomada a 5 de agosto, na sequência da transferência do Banco Espírito Santo para o Novo Banco de «determinados ativos, passivos, ativos

extrapatrimoniais e ativos sob gestão do BES».