Foi há pouco mais de 3 meses que os CTT entraram em bolsa, no âmbito do processo de privatização da empresa, e têm vindo a atingir máximos históricos consecutivos, oferecendo um ganho de mais de 40% aos investidores da OPV, escreve o Negócios.

As ações dos CTT foram vendidas a 5,52 euros na oferta pública de aquisição. Com os primeiros research, os títulos aceleraram, com preços-alvo em trono dos 7 euros a entusiasmar os investidores. Com a confirmação da entrada no PSI-20, os títulos dispararam para os 7,50 euros.

Na última sessão foi alcançado um novo recorde: depois de uma subida de 6,85%, os títulos chegaram aos 7,95 euros, avaliação que gera um retorno potencial de 44% aos investidores que participara, na OPV, mais de 25 mil, no total.

Com base nesta cotação, os CTT ficaram avaliados em 1.192 milhões de euros