As bolsas europeias seguem mistas no início da sessão desta sexta-feira, com maior esperança num acordo nos EUA. Apesar de a reunião de ontem ter terminado sem um entendimento, os analistas consideram que o mesmo está mais próximo, e que agora as negociações estão a ser feitas com seriedade.

Os republicanos apresentaram uma proposta que permite aumentar temporariamente (por seis semanas) o teto da dívida, de forma a impedir que os Estados Unidos entrem em incumprimento. O otimismo dos investidores, que acreditam num acordo, levou as praças norte-americanas a registarem ontem a melhor sessão desde janeiro e as bolsas asiáticas a registarem o maior ganho em três semanas.

Esta manhã, na Europa, Madrid, Paris e Milão seguem em queda ligeira, mas há praças que negoceiam em alta. A bolsa de Lisboa é uma delas e regista mesmo a maior subida entre os principais índices: o PSI20 sobe 0,65% para 6.105,81 pontos.

A liderar os ganhos está a PT, que avança 2,07% para 3,45 euros. Mas também na banca há uma nota positiva: o BES trepa 1,3% para 98 cêntimos, numa altura em que BPI e BCP seguem ambos na linha de água.

No verde contam-se ainda os ganhos da Sonae, em alta de 1,44% para 98 cêntimos, e da EDP, que sobe 0,77% para 2,48 euros.