O índice de referência nacional PSI20 segue em queda, em mais uma sessão de negociação volátil na Europa, com os investidores ansiosos com o desfecho de um crucial referendo na Grécia no Domingo.

De acordo com a Reuters, o Millennium bcp desce 1,4%, a cotada Galp Energia 1% e a Jerónimo Martins 1,1%. A telecom NOS cai 0,5%, a EDP Renováveis 0,8% e o BPI 2,1%.

A Impresa perde 4,7% e a construtora Mota Engil 3,1%.

Lisboa cai 0,9%, face à descida de 0,1% do FTSEurofirst 300, que segue as 300 maiores cotadas do continente.

A 48 horas de um referendo na Grécia, que pode ser decisivo para o seu futuro na zona euro, uma sondagem do Instituto Alco aponta para um empate técnico entre o campo do 'Sim' e do 'Não'.

O 'Sim', a favor dos termos das propostas dos credores, recolheu 44,8% das intenções de voto, enquanto o 'Não', apoiado pelo executivo do primeiro-ministro Alexis Tsipras, e que expressa a rejeição destas propostas, obteve 43,4%.

A diferença cai dentro da margem de erro da sondagem, restando ainda mais de 10% de indecisos.

O FMI disse ontem que a Grécia precisa de 50.000 milhões de euros adicionais nos próximos três anos, incluindo 36.000 ME dos seus parceiros europeus, para se manter à tona. Afirmou que Atenas também precisa de um significativo alívio da dívida.

A Grécia falhou o reembolso de 1.600 milhões de euros que tinha 30 de Junho como prazo limite.