A bolsa nacional encerrou esta quinta-feira a ganhar 2,30% para 5.567,96 pontos, impulsionado pela subida da maioria dos títulos, com destaque para a Sonaecom e a Zon que valorizaram mais de 6%, depois de terem ganho o concurso de Serviço Universal das comunicações.

Das 20 empresas cotadas no índice de referência português, 15 valorizaram, uma ficou inalterada (ESFG) e quatro perderam valor, com destaque para o Banif, que perdeu 5,36% para os cinco cêntimos.

Além das operadoras de telecomunicações em processo de fusão - Sonaecom e ZON Multimedia -, os títulos da banca fecharam em alta, com o BCP a subir 4,49%, o BES 4,12% e o BPI 2,74%.

O Governo anunciou hoje que a Optimus ganhou o concurso universal de telecomunicações, que permite o acesso ao telefone fixo em todo o país, para as regiões Norte e Centro, enquanto a Zon ficou com as zonas do Sul e ilhas para prestar igual serviço.

As duas operadoras estão em processo de fusão, aguardando-se para breve o projeto de decisão da Autoridade da Concorrência.

O fecho do PSI20 em terreno positivo foi em linha com as principais praças europeias.

Sensivelmente à mesma hora do fecho da bolsa de Lisboa, os mercados acionistas norte-americanos seguiam a valorizar.