A Bolsa de Lisboa iniciou esta semana com uma valorização ligeira, em linha com as principais praças europeias, numa sessão marcada pela fraca liquidez, por causa dos feriados nos Estados Unidos e no Reino Unido. O índice PSI 20 fechou a sessão desta segunda-feira a valorizar uns muito ligeiros 0,37%, com Milão a liderar subidas na Europa (0,59%).

Em Lisboa, o destaque, pela positiva, foi para os títulos da Pharol, a registar ganhos de 9,630%, numa correção técnica das quedas acentuadas registadas nas últimas semanas.

A contribuir para a valorização do índice principal estiveram também os títulos do retalho, em linha com os pares europeus. A Sonae ganhou 0,963% e a Jerónimo Martins 0,868%.

Com nota positiva esteve ainda a Navigator Company, com ganhos de 1,336%, depois da concorrente brasileira Suzano ter decidido subir os preços da pasta braqueada de eucalipto, o que pode ter impacto também nos preços praticados pela empresa portuguesa, segundo os analistas do BPI.

A nota negativa do dia foi para o Millennium BCP, que registou um recuo de 1,653%.