O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, encerrou a sessão desta quarta-feira a ganhar 0,03%, para 5.860,41 pontos, em contraciclo com os principais mercados acionistas europeus.

Entre os 20 títulos que compõem o PSI20, 14 avançaram, um manteve-se inalterado (BCP) e cinco perderam valor, numa sessão marcada pela recuperação dos títulos da banca, sobretudo o Banif que liderou os ganhos, ao avançar 9,09% para os 0,01 euros. Já o BPI e o BES valorizaram 1,64% e 1,30%, respetivamente.

A impedir ganhos mais expressivos da bolsa de Lisboa, estiveram os pesos pesados Galp Energia e Jerónimo Martins, que recuaram 0,24% e 0,56%, respetivamente. Ainda assim, a EDP Renováveis foi a cotada que perdeu mais valor na sessão, ao cair 1,63% para os 3,75 euros.

A Sonae avançou 0,95% para os 0,85 euros.

No dia em que o «Diário Económico» noticiou que a Autoridade da Concorrência irá comunicar a sua decisão final sobre a operação de fusão entre a Zon Multimédia e a Optimus até segunda-feira, as operadoras terminaram com sentidos opostos: a Sonaecom a ganhar 1,41% e a Zon a perder 1,01%.

As principais praças europeias fecharam em terreno negativo, com Paris a perder 0,34%, Londres 0,97%, Frankfurt 0,18% e Madrid 0,48%.