A Bolsa de Xangai fechou a sessão a ganhar 2,93%, nos 3.170,45 pontos, uma recuperação face à última sessão, na qual tinha perdido 0,78%.

Os últimos dados das exportações da China revelam que estas caíram menos que esperado em agosto, mas as importações caíram pelo décimo mês seguido e mais do que as estimativas, aumentando os receios sobre as perspetivas de crescimento da segunda maior economia mundial.

Os analistas acreditam que o ciclo de perdas ainda não terminou, ainda assim esta terça-feira foi um dia positivo para o principal índice bolsista chinês.