O BCP vai lançar uma colocação acelerada de 15,41% do capital do Bank Millennium na Polónia.

Apesar da venda, o banco de Nuno amado vai continuar a ser o acionista maioritário da instituição, passando dos atuais 65,51% para 50,1%.

Segundo o BCP informou em comunicado enviado à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários, o objetivo da operação passa por «reforçar a sua posição de solidez ao mesmo tempo que mantém a maioria do capital».

O BCP anunciou ainda que o Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento está a considerar investir cerca de 66 milhões de euros para ficar com 3% do capital.

«Como acionista maioritário, o BCP continua a estar totalmente comprometido com o Bank Millennium, que continua a ser central para o seu negócio e estratégia», refere o banco.

O BCP compromete-se ainda a não alienar mais ações do banco polaco num prazo de 180 dias.