As ações da Portugal Telecom (PT) continuam em forte queda esta manhã na bolsa portuguesa.

Os títulos da operadora seguiam agora a perder 5,67% para 1,03 euros, depois de ontem terem chegado a afundar quase 30%.

Em causa está um research da Morgan Stanley, divulgado na sexta-feira, que dava conta de um reinicio da cobertura da PT, mas com um preço-alvo de 79 cêntimos, o que acabou por penalizar as ações da operadora portuguesa.

Note-se que a PT SGPS apenas detém agora a participação de 25,6% na operadora brasileira Oi e a dívida de quase 900 milhões de euros que não foi paga pela holding Rioforte.

O facto de os acionistas acreditarem cada vez menos na recuperação dos 900 milhões de euros do empréstimo da Rioforte é outra das pressões sobre a cotada. 

A CMVM decidiu ontem proibir a venda a descoberto das ações da PT, durante esta terça-feira.