A Apax Partners entrou na corrida à compra da PT Portugal. A empresa britânica rivaliza com a Altice, Telefónica e outros interessados na maior operadora de telecomunicações portuguesa, noticia o Diário Económico.

A empresa de private equity é uma das maiores do mundo e no seu port-fólio já conta com investimentros em empresas como a Intelsat, TDC, Sophos, Orange Switzerland e Globalogic.

Em Portugal, a empresa já terá contratado um escritório de advogados para assessorar a operação.

A Oi tem enviado esclarecimentos ao mercado, dizendo que ainda não recebeu qualquer proposta e que não tomou qualquer decisão sobre a venda de ativos, nomeadamente da PT.

Recorde-se que após a fusão com a Oi, a portuguesa ficou com 25% da brasileira, mas corre o risco de ser apenas uma acionista de referência. A PT saiu mal na relação com os brasileiros depois do investimento ruinoso de 900 milhões de euros na Rioforte, holding do Grupo Espírito Santo.

A PT é líder de mercado nas telecomunicações, com uma quota de 40%. Para a Oi, a venda da Pt Portugal será uma forma de financiar a sua participação em eventuais movimentos de consolidação no Brasil.