O ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional afirmou esta quarta-feira que confia plenamente na nova administração da agência de notícias Lusa, que vai ser liderada por Teresa Marques, antiga administradora da RTP.
Miguel Poiares Maduro está a ser ouvido na comissão parlamentar para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, no âmbito de uma audição regimental e de um requerimento apresentado pelo Bloco de Esquerda, depois do CGI ter proposto a destituição da administração da RTP, liderada por Alberto da Ponte.

Questionado sobre a Lusa, o ministro lembrou que a agência de notícias tem um novo Conselho de Administração liderado por Teresa Marques, que deverá assumir funções em breve.

«A Lusa tem um novo Conselho de Administração. Esse Conselho de Administração irá, seguramente, no qual eu confio plenamente, fazer um diagnóstico da situação da empresa e desenvolver uma estratégia», disse o governante.
«Tenho muita confiança neste novo Conselho de Administração», reiterou.

Poiares Maduro disse que o Governo deu orientações à nova administração e, «com isso, o Conselho de Administração desenvolverá a sua estratégia e há de apresentar ao Governo».

Esta estratégia «implica, por um lado, uma aposta na internacionalização, a qualificação do jornalismo - acho que a Lusa deve ser, num certo sentido, uma escola de jornalismo -, e no desenvolvimento e aposta de novas plataformas», concluiu.

A 12 de novembro, o gabinete do ministro anunciou que tinha escolhido Teresa Marques para suceder a Afonso Camões na presidência da agência de notícias Lusa.

Teresa Marques, 56 anos, é licenciada em Gestão de Recursos Humanos pela Escola Superior de Organização Científica do Trabalho e tem uma pós-graduação em Direito Comunitário pela Faculdade de Direito de Lisboa.

Entre janeiro de 2008 e dezembro de 2011, foi vogal do conselho de administração da RTP com responsabilidade direta nas áreas de recursos humanos, jurídica, relações internacionais, auditoria interna, compras e logística, património, museus e provedores (Rádio e Televisão).

Desde 2012, Teresa Marques era managing partner na US - Global Management Consulting, empresa de consultoria em recursos humanos, área na qual iniciou a carreira profissional em 1978.
Afonso Camões saiu da Lusa no final de outubro, para assumir o cargo de diretor do Jornal de Notícias.