A Volkswagen anunciou que vai reparar os 11 milhões de veículos equipados com o kit fraudulento, avança a Reuters.

A informação foi avançada pelo novo presidente executivo, Matthias Mueller. O novo CEO confirmou que os proprietários dos veículos vão ser chamados pela marca. Ainda segundo a Reuters, a decisão pode custar 6,5 mil milhões.

A Volkswagen vendeu 1,8 milhões de veículos utilitários equipados com O 'software' que falsifica os resultados dos testes antipoluição, confirmou hoje um porta-voz deste departamento do construtor alemão, citado pela AFP.

"Dos 11 milhões de veículos diesel manipulados vendidos no total, 1,8 milhões são utilitários", declarou Günther Scherelis, diretor da comunicação da Divisão de Utilitários do grupo, confirmando uma informação da imprensa regional.


A Volkswagen admitiu na semana passada que equipou 11 milhões de veículos em todo o mundo com um 'software' com capacidade para falsificar os resultados dos testes antipoluição.