O ministro das Finanças, Mário Centeno, anunciou que até quinta-feira serão liquidadas 55 mil declarações de IRS Automático relativo, a rendimentos de 2016, em tempo “absolutamente recorde”.

Os primeiros resultados do IRS Automático estão a surtir efeito. Já houve hoje 5.000 declarações de IRS do ano de 2016 que foram liquidadas em tempo absolutamente recorde e amanhã [quinta-feira] serão liquidadas mais 50 mil declarações”, disse o governante aos jornalistas no final de uma audição na comissão parlamentar de Orçamento e Finanças.

Centeno destacou “o enorme impacto” para as famílias portuguesas desta medida.

Está a decorrer desde o início do mês e até dia 31 de maio o prazo para os contribuintes com todos os tipos de rendimento entregarem a sua declaração de IRS de 2016.

O IRS Automático, que está disponível para os contribuintes sem dependentes e apenas com rendimentos de trabalho ou de pensões em Portugal e que estejam enquadrados nas restantes condições da lei, permite aceder a uma declaração já preenchida e a sua entrega de uma forma simples e rápida.

As Finanças estimam que para o IRS Automático (que abrange a partir deste ano cerca de um milhão e 800 mil contribuintes) os reembolsos se realizem no prazo máximo de quinze dias após a confirmação da declaração pré-preenchida.